Registro de Viagem

Porto Seguro 4º Dia – Parque Marinho Coroa Alta

4º Dia – 07/03/2011 – Passeio no Parque Marinho Coroa Alta

Situado a 5 milhas náuticas (9,26 km) da costa da cidade de Santa Cruz Cabrália, o Parque Marinho de Coroa Alta é formado por recifes e resíduos de corais. Na maré baixa formam-se piscinas naturais com várias espécies de peixes e crustáceos.

Saímos do Hotel as 9 da manhã em direção à cidade da Santa Cruz Cabrália, vizinha de Porto Seguro, mais uma vez fomos de van com uma agência local.

Após recolher todos os turistas em seus respectivos hotéis, seguimos pela Rodovia BA-01 que segue pelo litoral até Santa Cruz Cabrália.

Quando chegamos fomos para o píer aguardar a saída da escuna até o parque marinho, o calor estava grande e tivemos que nos hidratar.

Por volta das 10 da manhã a escuna partiu e a travessia levou aproximadamente em uma hora chegar a este enorme banco de areia.

O melhor é pesquisar a tábua das marés para que se aproveite melhor com a maré baixa. Nós não pesquisamos, mas graças a Deus a maré estava 0,2, mas eu só soube disso quando estava pesquisando a tabela para colocar no post.

Chegamos em Coroa Alta e a escuna se aproximou do banco de areia e seguimos num bote até lá, a água estava muito quente por conta da maré baixa e o sol não perdoava.

Mais ou menos meio dia e meia, nós voltamos para o barco e logo depois seguimos para um restaurante para que todos pudessem almoçar, este almoço já estava incluso no passeio.

Mas no meio do caminho sofremos um ataque pirata e a Jô foi sequestrada.

Nunca vi tanta felicidade numa pessoa com uma espada no pescoço, mas é claro que isso não passou de uma brincadeira, pois estávamos chegando no restaurante Toca dos Piratas para almoçarmos.

O almoço era no sistema self-service e a fila era grande.

Finalmente conseguimos sentar à mesa e descobrimos que a comida não era lá essa maravilha toda.

Depois de um período de descanso, partimos em direção à Ilha do Sol, também conhecida como “Ilha dos Doces”, e fica no rio João de Tiba.

Logo na chegada passamos por uma passarela por cima do manguezal que cerca a ilha e vimos muitos aratus-vermelhos que é uma espécie de caranguejo que vive em mangues.

Já na ilha vimos uma pequena plantação de Coité, fruta usada para fazer cuias e utilizadas como caixa de ressonância em berimbaus, além de uma criação de Guaiamus, outra espécie de caranguejo.

Na ilha existe o banho de lama mas precisa estar atento a maré para conseguir aproveitar, nós até fomos pelo caminho que leva ao banho de lama, mas desistimos e voltamos, não curtimos muito banho de lama.

Assim que voltamos do caminho vimos a “Piroga do Cabral” e fomos logo sentando, mas calma leia novamente para não pensar besteira, piroga é um tipo de embarcação, comprida e estreita, é feita de um só tronco de árvore cavado.

Saímos da ilha e voltamos até o píer que partimos e lá tinha uma mesa cheia azulejos com fotos de turistas e num desses azulejos estava a nossa foto e ficamos perplexos de como fizeram uma foto nossa e nem tínhamos visto, resolvemos comprar o nosso.

Na volta a Rodovia estava engarrafada e o motorista da van resolveu cortar caminho e passamos enfrente a Reserva Indígena Pataxó da Jaqueira, mas este passeio fizemos outro dia.

Estávamos muito cansados e quando chegamos no hotel desmaiamos e não saímos a noite.

E terminou nosso 4º dia em Porto Seguro, para ver como foram os outros dias clique nos links abaixo, um abraço e até o próximo Registro de Viagem.

1º Dia – 04/03/2011 – Na estrada / Chegada em Porto Seguro
2º Dia – 05/03/2011 – Passeio em Arraial d’Ajuda
3º Dia – 06/03/2011 – Passeio na Praia do Espelho
4º Dia – 07/03/2011 – Passeio de Barco em Santa Cruz Cabrália (Coroa Alta)
5º Dia – 08/03/2011 – Passeio em Trancoso
6º Dia – 09/03/2011 – Passeio de Barco no Recife de Fora + Centro Histórico
7º Dia – 10/03/2011 – Parque Aquático Arraial d’Ajuda Eco Parque
8º Dia – 11/03/2011 – Memorial do Descobrimento – Reserva da Jaqueira – Santa Cruz Cabrália
9º Dia – 12/03/2011 – A volta para o Rio de Janeiro

Post revisado e atualizado em: 24/jan/2018

 

Deixe seu comentário sobre o post.
error: Registro de Viagem © 2010 - 2018