Registro de Viagem

São Lourenço – MG

      
São Lourenço é um município brasileiro do estado de Minas Gerais, uma das mais conhecidas estâncias hidrominerais do Brasil. Faz parte do Circuito das Águas de Minas Gerais, na serra da Mantiqueira, encontra-se a aproximadamente 950 metros de altitude. Possui um clima ameno, tem uma temperatura média de 18°C. No inverno as temperaturas chegam a 0°C, com temperatura média no verão de 22°C.

Clique para Ampliar
Estivemos em São Lourenço em duas oportunidades, a primeira vez estivemos de 08 a 10 de Outubro de 2010 comemorando o meu aniversário e o da minha esposa já que nascemos em outubro, já na segunda vez estivemos de 12 a 14 de Outubro de 2012 pelo mesmo motivo, mas dessa vez com os pais de minha esposa (meu sogro e sogra). A única diferença entre as viagens de 2010 e 2012, além dos sogros em 2012, foi que em 2010 o teleférico estava em manutenção, então só conseguimos fazer este passeio em 2012. O resto foi tudo igual, então a partir daqui vou fazendo um mix do que visitamos em 2010 e 2012, com ênfase em 2010 que foi a primeira impressão do lugar.

Em ambas as oportunidades ficamos na Pousada das Alamedas.  

Clique para ampliar

Uma pousada charmosa, fica a 1.200 m do centro de São Lourenço e do Parque das Águas, em direção a Carmo de Minas, possui chalés geminados, porém confortáveis, com 1 ou 2 pavimentos, em 2010 ficamos no chalé de 1 pavimento e em 2012 no de 2 pavimentos, gostei dos dois tipos chalés. Possui uma pequena piscina que não aproveitamos em nenhuma das 2 oportunidades devido ao frio, isso mesmo apesar de termos ido em outubro, fez frio.



1º DIA:

Fomos em 08/10/2010 e ao entrar na cidade pela BR-460, chegamos ao pórtico de entrada da cidade.


Após várias fotos, fomos para a pousada confiando no GPS e me perdi, mas depois de aprender o caminho foi tranquilo, no mesmo dia já saímos para almoçar no Restaurante Ki Beleza onde pedimos uma Picanha na Pedra…

Slide 01
…porém não achamos tão bom assim, logo após almoçarmos fizemos um passeio de charrete pela cidade.

O final do passeio de charrete foi próximo a feirinha de artesanato da cidade, a "Aldeia Vila Verde", que é um centro comercial formado por 66 lojas distribuídas em Chalés muito bonitos. Parada obrigatória para a compra de lembranças, malhas, artesanato e até uns quitutes. Vale a pena dar uma passadinha com calma no local, pois é grande a variedade de produtos.


Depois fomos andando até a Praça João Lage (ou Praça Brasil) que é de fronte a entrada do Parque das Águas que já estava fechado no horário. É uma praça relativamente grande, com chafariz, orelhões com formato de bichos, balanço para crianças. Voltamos nos outros dias, pois é bem no centro e não tem como não passar por ela várias vezes.


E finalizamos o dia conhecendo a estação de trem de São Lourenço, claro que voltamos no dia seguinte pra fazer o passeio de trem.



2º DIA:
      
      

Já no dia 09 acordamos bem cedo, afinal tínhamos o passeio de Maria Fumaça para fazer. Tomamos nosso café da manhã, que não era tão farto, na verdade era bem simples, mas saboroso. O pão de queijo era muito, mas muito gostoso.
                            
Finalizando o café da manhã, partimos para a estação de trem para fazer o Passeio de Maria Fumaça conhecido como "Trem das Águas" que vai até Soledade de Minas, para fazer esse passeio é necessário reservar com antecedência devido a grande quantidade de pessoas que fazem esse passeio, nossa reserva foi feito direto com a pousada que emitiu um voucher e foi só ir no guichê da bilheteria com o voucher e retirar os bilhetes.
O passeio todo tem duração de duas horas, sendo 40 minutos na viagem de ida, fica 40 minutos em Soledade e 40 minutos na viagem de volta. Durante o trajeto violeiros animam a viagem cantando musicas populares.

Uma dica Importante

Na hora da compra das passagens escolha o lado esquerdo,
pois tem uma vista melhor.
Do lado direito você praticamente só verá barranco.


A empresa disponibiliza um vagão que é utilizado para a Classe Especial, que possui bancos estofados e durante o trajeto o passageiro pode degustar opções de vinho, cachaças, licores, saborear queijos diversos e doces típicos. Nos fomos na Classe Turística, onde os bancos são de madeira e não tem degustação.


Chegando em Soledade, a estação possui uma feira de artesanato, que inclui também quitutes locais como doces, pastéis, garapa, etc. Quando fomos em 2010 eram barraquinhas, já em 2012 os comerciantes estavam em lojinhas, tudo bem organizado.
Existe também um mini Museu Ferroviário com um acervo de antiguidades que vai além de coisas relacionadas a trens, e não paga nada pra visitar.


Depois desse passeio de Maria Fumaça, nós resolvemos ir ao Parque das Águas que é um parque administrado pela Nestlé e possui um total de 9 fontes que jorram águas com diferentes propriedades químicas.


                                                                                                  
Possui um enorme lago onde é possível andar de pedalinho e  dentro desse lago tem a ilha dos amores, possui várias lojinhas, parquinho infantil e é possível ver vários animais andando pelo parque, como os gansos, garças e gatinhos.

 
Andando pelo parque você descobre que ele possui uma passagem por baixo da rua onde fica a Aldeia Vila Verde e que leva a outra parte do parque onde tem um jardim japonês, muito bonito, e um pequeno lago.



O parque também tem um Centro Hidroterápico conhecido como Balneário onde são realizados tratamentos com água sulfurosa, indicada para prevenção de patologias dermatológicas; alergias e doenças do colágeno; diabetes; e problemas respiratórios.
Depois de conhecermos todo o parque nós voltamos para a pousada.


Assim finalizamos nosso 2º dia.


3º DIA:        

No dia 10 fomos conhecer o Parque das Águas de Caxambu que é cidade próxima a São Lourenço.


Chegando lá, bem na frente do parque ficam charretes para passeio pela cidade, e é claro que fizemos esse passeio.


Fomos então ao Parque das Águas de Caxambu, este possui com 12 fontes de águas minerais.

As fontes estavam deixando a desejar, a sinalização delas então, nem se fala, usavam papel impresso como as impressões que fazemos em casa, por estarem no tempo muitas estavam manchadas e rasgadas, quando voltamos em 2012 ainda eram desse jeito.

O Parque também tem um Centro Hidroterápico assim como em São Lourenço e o prédio é mais bonito que o de São Lourenço.

É um parque grande e também possui um lago em que se pode andar de pedalinho e um teleférico de cadeirinhas individuais passando por cima do lago, o teleférico é pago a parte. 


Pegamos o teleférico que é bem alto, lá no alto do teleférico tem um restaurante (meio abandonado) e uma lojinha de artesanatos, atrás do restaurante tem uma escada que leva ao seu terraço onde temos uma visão panorâmica da cidade e do parque, bem legal.
      

Voltamos
para São Lourenço e fomos almoçar no Restaurante Casarão, onde comemos uma típica comida mineira, você tem a opção self-service ou a la carte.
  

  


É um restaurante muito bom, gostamos muito. Para sobremesa fomos à
 Sorveteria KiSabor, onde tomamos um delicioso sorvete, também é servido lanches.


Fomos até a Praça João Lage (ou Praça Brasil) onde fica o trenzinho turístico, que na verdade é um trator que puxa vários vagões pelas ruas da cidade, bem legal.
             
E assim terminamos mais um dia.



4º DIA:


No dia 11 amanheceu bem frio e depois esquentou, tomamos nosso café e fomos para a Fazenda Quinta do Cedro, muito bom para quem tem crianças, são vários animais pela fazenda, tem coelhos, porquinhos, vacas, pôneis, pavões, cavalos, etc… tem um laguinho com patos. Também possui um restaurante e uma lojinha de produtos típicos de minas onde tem queijos, doces, salames, pimentas, compramos o queijo meia cura, muito bom.


Voltamos para a pousada e depois fomos fazer o passeio de teleférico, chegando lá estava fechado para manutenção, uma decepção. Quando voltamos em 2012 pudemos fazer este passeio. Não é o melhor teleférico do mundo, logo no início do passeio passa por cima de um matagal, depois um rio, depois por cima de uma rua onde é possível ver os moradores em suas casas, ainda passa por cima da linha do trem só depois disso é que sobe o morro, já no alto a vista também não é das melhores, mas quer saber, voltaria a fazer este passeio, só o silêncio, o vento batendo no rosto vale o passeio.
 

         


Já era hora do almoço e fomos novamente no Restaurante Casarão, pois gostamos muito da comida de lá.


Repetimos também o Parque das Águas, onde fizemos um passeio de bicicleta, na verdade um triciclo.

A noite fomos comer uma pizza no Restaurante Mineiro ao Ponto (não encontrei o site) mas não gostamos, pedimos uma Pizza Portuguesa que passou longe de Portugal kkkk.
Fiquei me perguntando? Cadê o bacalhau???
 


Aliás, cadê qualquer peixe, nem uma sardinha pra disfarçar kkk.


E ainda por cima demorou muito e veio um pouco queimada por baixo.

Finalizamos assim esse dia.
 


ÚLTIMO DIA:


Chegou o dia de voltamos para RJ, já deixamos nossa mala pronta no dia anterior. É hora de ir embora da pousada, gostamos tanto que, como vocês sabem, voltamos em 2012.
Pegamos a estrada de volta pra casa, estava um sol de rachar e no caminho infelizmente vimos um acidente, mas chegamos em casa em segurança.



E assim foi nossa viagem à São Lourenço, espero que tenham gostado.

Um abraço de Richard e Jô.


Deixe seu comentário sobre o post.
error: Registro de Viagem © 2010 - 2018